Destaques :

Espírito Santo inova no sistema de informações turísticas com o uso de QR Code

Qualifica ES Turismo capacita Policia Militar para atendimento ao turista

Espírito Santo tem participação expressiva na Abav Expo Internacional de Turismo 2019

Cidade de Antônio Prado tem tudo para competir em Turismo na Serra Gaúcha

Hotéis sorteiam diárias para o segundo semestre nas montanhas

Destinos e atrativos nacionais à distância de alguns cliques

Salário de funcionários de pequenas e médias empresas será financiado pelo governo

COVID-19 – Malha aérea essencial começa no sábado (28)

Ministérios do Turismo e da Justiça e Segurança Pública tratam de remarcação de viagens e direitos dos turistas

Coronavírus: bancos e fintechs prometem suspender dívidas de estabelecimentos

Comunicado Oficial da Comissão Organizadora da Festa da Penha

Ruínas do Sítio Histórico da Igreja de São José do Queimado: museu a céu aberto no Município de Serra

Divulgada programação da Festa de Nossa Senhora da Penha

Governo lança nota interministerial para orientar consumidor

Espírito Santo comemora Dia Nacional do Imigrante Italiano no Brasil

Reunião Extraordinária do Conselho Nacional de Turismo debate Coronavírus

Aeroportos de Vitória, Curitiba, Campinas e Brasília ganham prêmio de melhores do país

MTur discute novos critérios para atualização do Mapa do Turismo

Carnaval 2020: primeiro dia com muito samba e show de Sandra de Sá

Embratur e Fornatur alinham estratégia de promoção

MTur apoia festas de Carnaval em diversos estados brasileiros

Pavilhão de Carapina conta com eventos agendados até 2021

Organização Mundial de Turismo e Centro de Culinária Basca lançam 2º Concurso de Turismo de Gastronomia

Brasil e Emirados Árabes fortalecem relação para atração de turistas

Carnaval: 100 mil turistas devem desembarcar de cruzeiros no Rio de Janeiro

Entrada de turistas dos EUA, Canadá e Austrália no Brasil cresce 16% após isenção de visto

Carnaval deve movimentar R$ 8 bilhões no setor turístico

31ª Sommerfest começa em Domingos Martins e será solidária às vítimas das chuvas

Setur faz levantamento para recuperação de atrativos turísticos em cidades atingidas pelas chuvas

Em ação inédita, Embratur busca nos EUA investimentos para o turismo náutico no Brasil

Carnaval de Vitória 2020: veja a programação completa

Turistas e capixabas já podem compartilhar Ilustrações dos pontos turísticos do ES

Pesquisa no Réveillon mostra que 96,3% dos entrevistados recomendam o ES

MASP bate recorde de visitação em 2019

ES apresenta indicadores sobre a economia do turismo e do Réveillon capixaba

Sudeste é a principal escolha no verão para maioria dos turistas do Norte do país

Vivalá oferece Turismo aliado a participação voluntária em locais paradisíacos do Brasil

Nova empresa low cost anuncia voos internacionais para o Brasil

Com expectativa de mais turistas, aeroportos se prepararam para alta temporada

Turistas pela primeira vez no ES deslumbrados com belezas de Vitória e Vila Velha

Grupo Zurich inicia operação do Aeroporto de Vitória

Secretaria de Turismo faz pesquisa de demanda turística durante Ano Novo e Verão

Região Nordeste: Empresários da hotelaria estão otimistas com gastos de turistas no verão

Turismo de observação de baleias na costa capixaba faz sucesso em 2019

Museu em Santa Teresa apresenta vida e obra de Augusto Ruschi, Patrono da Ecologia

Brasil registra 27% de crescimento nas buscas globais por viagens para 2020

Aplicativo Angels facilita ato de doações para instituições de assistência social

Setor hoteleiro tem perspectiva de aumento na geração de emprego em 2020

Projeto para reformar Sítio Histórico da Prainha valoriza a natureza, memória, mobilidade…

Evento nacional promove o agroturismo capixaba

Enbrav 2019 Serra Gaúcha exibe atrativos diferenciados a agentes de viagem do Brasil

Cidade de Montevidéu trabalha para aumentar fluxo de Turistas brasileiros

Estado do Espírito Santo destaca-se entre as quase três mil marcas da Festuris 2019

Meeting FESTURIS 2019: Embratur aponta ecoturismo como o futuro do setor

Embratur negocia aumento de voos entre Catar e Brasil

Tarifário Turístico é tema de capacitação na região das Montanhas Capixabas

Restaurantes de Manguinhos lançam cardápio de verão nesta sexta-feira, 15 de novembro

Conheça o Espírito Santo

Receita de Mocotó

Dia da Moqueca capixaba é celebrado nesta quarta (30)

Rampas adaptam as pontes de Veneza. Mobilidade num labirinto de rios e canais

Veneza é uma cidade no nordeste da Itália situada sobre um grupo de 117 pequenas ilhas separadas por canais e ligadas por pontes. Ela está localizada na pantanosa Lagoa de Veneza, que se estende ao longo da costa entre as bocas dos rios Po e Piave. Veneza é famosa pela beleza de sua arquitetura e obras de arte. Hoje são 177 canais e 435 pontes conectando o território, fazendo parte da paisagem da cidade que ganhou o titulo de Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1987.

Veneza era um dos destinos desafiadores que eu (Ricardo Shimosakai) queria conhecer. O destino fez parte de uma viagem à Itália, em parceria com o ENIT – Agenzia Nazionale Italiana del Turismo, onde conheci seis cidades italianas. Como já estava por lá, o transporte para Veneza foi feito através de trem.

O grande charme da cidade e a principal identidade, são os diversos canais e suas pontes, e era justamente isso que acabava sendo um fator dificultador, pois quase todas as pontes tem degraus. Mas como meu perfil é desbravador, nunca temi enfrentar essa dificuldade, pelo contrário, sempre quis viver a experiência.

Acabei descobrindo que Veneza tem outras opções de acesso, e a melhor delas é através de barcos. O mais conhecido é o vaporetto, como se fosse um ônibus aquático, grande e acessível, passa regularmente nos pequenos portos, que seriam como se fossem os pontos do ônibus. Também existem lanchas que funcionam como taxi, e dentre elas há lanchas adaptadas, com uma plataforma interna que te desce do píer até o piso da lancha. A opção mais tradicional são as famosas gôndolas, e já existe um projeto de gôndolas acessíveis para pessoas com deficiência.

Veneza é formada por 117 ilhas, e nem todas elas são acessíveis para quem se locomove através de cadeira de rodas. Para ajudar o turista com deficiência, um Mapa de Veneza Acessível foi produzido pelo Serviço Città per tutti em colaboração com o EBA Departamento de Eliminação de Barreiras Arquitetônicas.

O mapa resume a maior quantidade possível de informações práticas para ajudar as pessoas com mobilidade reduzida a visitar a cidade.

De um lado, há uma indicação do grau de acessibilidade dos vários “insulae” determinados pela ausência/presença de linhas de transporte público, cores diferenciando áreas que são completamente acessíveis por vaporetto (verde), acessível por lancha ou ponte “facilitada” (verde claro) e áreas que não são acessíveis por meio de transporte público (branco). Para acessar o mapa, clique no link a seguir Mappa Venezia Accessible

Para fornecer a resposta mais completa possível às questões de turistas e cidadãos que desejam visitar a cidade, o verso do mapa contém todas as informações sobre:

– pontos de informação;
– terminais turísticos (estação ferroviária, aeroporto, porto);
– estacionamentos;
– paragens de transportes públicos por via aquática;
– banheiros públicos;
– pontes com instalações (plataforma elevatória, elevador ou degrau baixo).

O que chamam de ponte facilitada, são pontes onde é possível transitar com a cadeira de rodas. Algumas delas foram adaptadas, como a mostrada na foto de capa desta matéria, onde foram colocadas peças plásticas nos degraus, como se fossem várias pequenas rampas, facilitando a locomoção. Em outros, rampas de madeira são montadas sobrepondo os degraus, tendo assim um caminho mais contínuo. Mas há pontes em que iniciativas semelhantes não seriam possíveis, porque são pontes pequenas que acabam ficando com uma inclinação muito grande.

Vários anos atrás, o governo da cidade de Veneza anunciou um plano para instalar rampas para cadeiras de rodas em 80 pontes no centro histórico. Infelizmente, as rampas nem sempre estão disponíveis durante a principal estação turística: elas são normalmente montadas como rampas temporárias para a Maratona de Veneza em outubro e são removidas na primavera (oficialmente em maio, mas nós as vimos desaparecer até abril.)

Alguns lugares o acesso é quase impossível. Digo quase porque nada é tão impossível. Eu havia sido convidado a assistir uma peça de teatro, mas quando fui em direção ao local, descobri que não conseguiria acessar a pequena ilha onde marcava o endereço. Todas as pontes de acesso tinham degraus, então resolvi pedir ajuda aos gondoleiros que estavam ao lado de uma ponte. Felizmente a hospitalidade, principalmente para pessoas com deficiência, é algo que se encontra com certa facilidade em qualquer parte do mundo. Inclusive a Itália fez um vídeo promocional da hospitalidade italiana intitulado: Itália, um país acessível a todos.

Algumas pontes, como a Ponte delle Guglie, têm escadas especiais com degraus de meia altura que podem ser transpostas em cadeiras de rodas. Uma placa avisa que é necessário um acompanhante.

A Ponte di Calatrava ou Ponte da Constituição, possui uma cabine de deslocamento inclinado, parecidas com aquelas plataformas de corrimão que sobem escadas. Porém esse tipo de equipamento precisa de uma manutenção constante, senão ela enguiça com facilidade.

 

Por Ricardo Shimosakai

Bacharel em Turismo pela Universidade Anhembi Morumbi/ Laureate International Universities, Diretor do Grupo Turismo Adaptado, atua desde 2004 com acessibilidade e inclusão no lazer e turismo. Membro da SATH e ENAT, associações internacionais para o turismo acessível, e da CIDCCA, para o desenho universal. Docente em MBA e Pós-Graduação na Escola Roberto Miranda Educação Corporativa. Agenciamento de viagens, consultorias, treinamentos, palestras e elaboração de projetos são mais algumas ações que realiza para o desenvolvimento de uma infraestrutura acessível no mercado turístico.

Contato: ricardo@turismoadaptado.com.br

 

Ler anterior

Mãe é tema da Rua das Artes de maio

Ler próximo

Peru Travel Mart 2019 busca gerar US$ 25 milhões em negócios para o turismo

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

Follow On Instagram