Destaques :

Espírito Santo inova no sistema de informações turísticas com o uso de QR Code

Qualifica ES Turismo capacita Policia Militar para atendimento ao turista

Espírito Santo tem participação expressiva na Abav Expo Internacional de Turismo 2019

Selo Turismo Responsável já foi solicitado por 8 mil prestadores de serviços turísticos

3º Festival de Cinema de Santa Teresa

Aeroporto de Vitória amplia opções de voos a partir desta semana

Turismo da Serra Gaúcha ainda melhor com o Wyndham Gramado Termas Resort & Spa

Visitar cidades turísticas “em tempo real” é opção durante isolamento social

Programa de Regionalização do Turismo é tema de videoconferência

Troca de doações por cerveja? Sucesso em solidariedade, na bela Cidade de Gramado

Setur e IJSN divulgam resultados da Economia do Turismo capixaba para o primeiro trimestre de 2020

OMT lança diretrizes globais para a reabertura do turismo

Senac lança observatório gastronômico online para fortalecer a Gastronomia Regional

Setur participa da elaboração do plano de retomada do turismo nas Montanhas Capixabas

Gramado na Caixa comercializa produtos de Turismo em sistema de assinatura mensal

Projeto usa atividade lúdica para mostrar importância da preservação do patrimônio histórico

18ª Semana Nacional de Museus começa nessa segunda-feira

Lives com atrações culturais celebram o Dia Internacional da Língua Portuguesa

Ícone mundial, capital de todos os brasileiros chega aos 60 anos!

#RezeEmCasa: confira a programação da Festa da Penha Interativa

Auxílio emergencial já pode ser solicitado por informais e microempreendedores

Triider facilita e moderniza a contratação de prestadores qualificados

Imagem iluminada de Nossa Senhora é inaugurada na Praça do Papa

Cidade de Antônio Prado tem tudo para competir em Turismo na Serra Gaúcha

Hotéis sorteiam diárias para o segundo semestre nas montanhas

Destinos e atrativos nacionais à distância de alguns cliques

Salário de funcionários de pequenas e médias empresas será financiado pelo governo

COVID-19 – Malha aérea essencial começa no sábado (28)

Ministérios do Turismo e da Justiça e Segurança Pública tratam de remarcação de viagens e direitos dos turistas

Coronavírus: bancos e fintechs prometem suspender dívidas de estabelecimentos

Comunicado Oficial da Comissão Organizadora da Festa da Penha

Ruínas do Sítio Histórico da Igreja de São José do Queimado: museu a céu aberto no Município de Serra

Divulgada programação da Festa de Nossa Senhora da Penha

Governo lança nota interministerial para orientar consumidor

Espírito Santo comemora Dia Nacional do Imigrante Italiano no Brasil

Reunião Extraordinária do Conselho Nacional de Turismo debate Coronavírus

Aeroportos de Vitória, Curitiba, Campinas e Brasília ganham prêmio de melhores do país

MTur discute novos critérios para atualização do Mapa do Turismo

Carnaval 2020: primeiro dia com muito samba e show de Sandra de Sá

Embratur e Fornatur alinham estratégia de promoção

MTur apoia festas de Carnaval em diversos estados brasileiros

Pavilhão de Carapina conta com eventos agendados até 2021

Organização Mundial de Turismo e Centro de Culinária Basca lançam 2º Concurso de Turismo de Gastronomia

Brasil e Emirados Árabes fortalecem relação para atração de turistas

Carnaval: 100 mil turistas devem desembarcar de cruzeiros no Rio de Janeiro

Entrada de turistas dos EUA, Canadá e Austrália no Brasil cresce 16% após isenção de visto

Carnaval deve movimentar R$ 8 bilhões no setor turístico

31ª Sommerfest começa em Domingos Martins e será solidária às vítimas das chuvas

Setur faz levantamento para recuperação de atrativos turísticos em cidades atingidas pelas chuvas

Em ação inédita, Embratur busca nos EUA investimentos para o turismo náutico no Brasil

Carnaval de Vitória 2020: veja a programação completa

Turistas e capixabas já podem compartilhar Ilustrações dos pontos turísticos do ES

Pesquisa no Réveillon mostra que 96,3% dos entrevistados recomendam o ES

MASP bate recorde de visitação em 2019

ES apresenta indicadores sobre a economia do turismo e do Réveillon capixaba

Sudeste é a principal escolha no verão para maioria dos turistas do Norte do país

Vivalá oferece Turismo aliado a participação voluntária em locais paradisíacos do Brasil

Nova empresa low cost anuncia voos internacionais para o Brasil

Com expectativa de mais turistas, aeroportos se prepararam para alta temporada

Turistas pela primeira vez no ES deslumbrados com belezas de Vitória e Vila Velha

Grupo Zurich inicia operação do Aeroporto de Vitória

Secretaria de Turismo faz pesquisa de demanda turística durante Ano Novo e Verão

Região Nordeste: Empresários da hotelaria estão otimistas com gastos de turistas no verão

Turismo de observação de baleias na costa capixaba faz sucesso em 2019

Museu em Santa Teresa apresenta vida e obra de Augusto Ruschi, Patrono da Ecologia

Brasil registra 27% de crescimento nas buscas globais por viagens para 2020

Aplicativo Angels facilita ato de doações para instituições de assistência social

Setor hoteleiro tem perspectiva de aumento na geração de emprego em 2020

Projeto para reformar Sítio Histórico da Prainha valoriza a natureza, memória, mobilidade…

Evento nacional promove o agroturismo capixaba

Enbrav 2019 Serra Gaúcha exibe atrativos diferenciados a agentes de viagem do Brasil

Cidade de Montevidéu trabalha para aumentar fluxo de Turistas brasileiros

Estado do Espírito Santo destaca-se entre as quase três mil marcas da Festuris 2019

Meeting FESTURIS 2019: Embratur aponta ecoturismo como o futuro do setor

Embratur negocia aumento de voos entre Catar e Brasil

Tarifário Turístico é tema de capacitação na região das Montanhas Capixabas

Restaurantes de Manguinhos lançam cardápio de verão nesta sexta-feira, 15 de novembro

Conheça o Espírito Santo

Receita de Mocotó

Dia da Moqueca capixaba é celebrado nesta quarta (30)

Iema constata melhora na qualidade do ar da Grande Vitória durante período de isolamento social

Foram avaliados os poluentes MP10, SO2, O3, NO2, NO e CO na estação de monitoramento da Enseada do Suá, além dos dados meteorológicos da estação de Carapina

O Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) lançou, neste mês de junho, o relatório “Avaliação dos Efeitos das Medidas de Afastamento Social sobre a Qualidade do Ar na Região Grande Vitória”. O objetivo foi constatar se as medidas de isolamento social, necessárias para conter a disseminação do novo Coronavírus (Covid-19), afetaram positivamente a qualidade do ar da Grande Vitória.

Foram avaliadas as concentrações horárias de partículas inaláveis (MP10), dióxido de enxofre (SO2), ozônio (O3), dióxido de nitrogênio (NO2), monóxido de nitrogênio (NO) e monóxido de carbono (CO) registradas no período de 24/03/2020 a 30/04/2020, em comparação com o período de 24/03/2019 a 30/04/2019. O estudo foi realizado na estação de monitoramento da Enseada do Suá, em Vitória, com dados meteorológicos registrados na estação de Carapina, município da Serra.

A estação Enseada do Suá localiza-se em ponto central da Região da Grande Vitória, sendo diretamente impactada por fontes de emissão veiculares e industriais oriundas, principalmente, do Complexo de Tubarão.

Confiança de 95%

O relatório aponta que as amostras dos dados foram representadas na forma de estatísticas descritivas e gráficas para avaliação do comportamento das variáveis. Além disso, visando a comparação entre os cenários em estudo, as amostras foram testadas utilizando o teste estatístico de hipóteses de Kruskal-Wallis ao nível de confiança de 95%.

De acordo com os dados do relatório, houve redução aproximada de 65% de monóxido de nitrogênio (NO), de 34% de monóxido de carbono (CO), de 24% de dióxido de nitrogênio (NO2), além de queda de 23% das partículas inaláveis MP10. O índice de ozônio (O3) não indicou diferenças significativas entre os cenários avaliados e houve aumento aproximado de 31% de dióxido de enxofre (SO2), porém, deve ser levado em consideração que os valores medidos são bem baixos, dentro da incerteza do analisador, não sendo possível afirmar, sob o aspecto operacional, diferenças na concentração deste poluente.

Segundo o relatório, ao contrário de outros poluentes primários gasosos, para o dióxido de enxofre verificou-se um aumento da concentração atmosférica na comparação entre os cenários. Para a região da Grande Vitória, as fontes industriais são a principal fonte de emissão de dióxido de enxofre na atmosfera. As fontes localizadas no Complexo de Tubarão são responsáveis por 88% das emissões de SO2 de origem industrial.

Medidas

Para enfrentamento da pandemia da Covid-19, doença provocada pelo novo Coronavírus, o Governo do Estado do Espírito Santo vem adotando diversas medidas para conter a transmissão do vírus. Entre elas estão a suspensão das aulas nos estabelecimentos de ensino, a suspensão de eventos que envolvam aglomeração de pessoas, a suspensão do funcionamento de academias e centros comerciais e a suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais. Todas essas medidas tiveram seu início entre os dias 17 e 20 de março de 2020, impactando na circulação de pessoas e veículos em todo Estado do Espírito Santo.

A diminuição da circulação de pessoas, veículos e, em alguns casos, da produção industrial, impactam diretamente na quantidade de poluentes que são lançados na atmosfera, segundo constatou o relatório da qualidade do ar do Iema. Os resultados apresentados indicam que a redução das atividades sociais e econômicas imposta pelas medidas de afastamento social impactaram na qualidade do ar da Região da Grande Vitória, no entanto, tal impacto não acontece de forma linear e proporcional.

Impactos

O monitoramento da qualidade do ar da Grance Vitória é realizado pela Rede de Monitoramento da Qualidade do Ar (RMQAr-RGV), de propriedade e gestão do Iema. A RMQAr-RGV é formada por nove estações automáticas e 10 pontos de coleta manual, sendo construída com o objetivo de acompanhar os impactos das atividades antrópicas sobre a qualidade do ar na Grande Vitória.

O relatório ressalta que é importante destacar que a dinâmica dos poluentes na atmosfera não é uma equação de fácil solução, sendo objeto de estudos de complexos modelos matemáticos com a capacidade de ligar as causas aos efeitos, ou seja, as concentrações ambientais dos poluentes. Sendo assim, as características existentes na região da Grande Vitória são únicas, não sendo recomendável a comparação direta com outras localidades.

Saiba mais:

Monóxido de Nitrogênio (NO): Houve redução aproximada de 65%. O comportamento do monóxido de nitrogênio segue a mesma tendência do dióxido de nitrogênio, no entanto, a diferença entre cenários avaliados é mais evidente. Importante destacar que as concentrações de NO2 e NO registradas na estação da Enseada do Suá também são influenciadas por fontes industriais, especialmente das situadas no Complexo de Tubarão, cerca de 73% das emissões.

Monóxido de Carbono (CO): Houve redução aproximada de 34%. As medidas de afastamento social implicaram na redução das concentrações atmosféricas do poluente avaliado. A redução no tráfego de veículos, queda de 50%, pode ter impactado nas concentrações avaliadas, uma vez que, os veículos automotores são fontes significativas de emissão deste poluente. Importante destacar que as concentrações de CO registradas na estação da Enseada do Suá também são influenciadas por fontes industriais, especialmente as situadas no Complexo de Tubarão, cerca de 96% das emissões.

Dióxido de Nitrogênio (NO2): houve uma redução aproximada de 24%. O tráfego veicular é uma das principais fontes de emissão de óxidos de nitrogênio. Tal redução pode ter sido ocasionada pela queda no tráfego de veículos, especialmente na Terceira Ponte e em horários de pico, uma vez que impacta diretamente nas medições desse poluente na estação da Enseada do Suá.

Partículas Inaláveis (MP10): Houve redução aproximada de 23%. A queda pode estar associada à redução do fluxo de veículos. As concentrações de MP10 registradas na estação da Enseada do Suá também são influenciadas por fontes industriais, especialmente as situadas no Complexo de tubarão, cerca de 68% das emissões. Um resultado importante verificado foi uma menor variabilidade dos dados para o cenário de isolamento, demonstrando que a diminuição na circulação de veículos resultou em menos eventos de concentração de pico associados a horários onde o trânsito é mais intenso.

Ozônio (O3): Sob aspecto operacional da medição, não foi possível verificar diferenças nas concentrações desse poluente para os cenários avaliados. As concentrações de ozônio monitoradas na estação da Enseada do Suá podem estar associadas à transformação fotoquímica de poluentes percussores emitidos por fontes localizadas a centenas, ou até mesmo milhares de quilômetros da região da Grande Vitória, conferindo ao poluente uma característica de escala de longo alcance.

Dióxido de Enxofre (SO2): Houve aumento aproximado de 31%. Ao contrário dos outros poluentes primários gasosos, para o dióxido de enxofre, verificou-se um aumento da concentração atmosférica na comparação entre os cenários. Porém, deve ser levando em consideração que os valores medidos são bem baixos, dentro da incerteza do analisador, não sendo possível afirmar, sob aspecto operacional, diferenças na concentração deste poluente. Para Região da Grande Vitória, as fontes industriais são a principal fonte de emissão de dióxido de enxofre na atmosfera. As fontes localizadas no complexo de tubarão são responsáveis por 88% das emissões de SO2 de origem industrial.

Fonte: Iema

Turismo e Serviços

Ler anterior

Projeto Refeições Solidárias distribuirá 100 refeições por dia para famílias carentes

Ler próximo

Programa de Regionalização do Turismo é tema de videoconferência

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Follow On Instagram