Destaques :

Espírito Santo inova no sistema de informações turísticas com o uso de QR Code

Qualifica ES Turismo capacita Policia Militar para atendimento ao turista

Espírito Santo tem participação expressiva na Abav Expo Internacional de Turismo 2019

Cidade de Antônio Prado tem tudo para competir em Turismo na Serra Gaúcha

Hotéis sorteiam diárias para o segundo semestre nas montanhas

Destinos e atrativos nacionais à distância de alguns cliques

Salário de funcionários de pequenas e médias empresas será financiado pelo governo

COVID-19 – Malha aérea essencial começa no sábado (28)

Ministérios do Turismo e da Justiça e Segurança Pública tratam de remarcação de viagens e direitos dos turistas

Coronavírus: bancos e fintechs prometem suspender dívidas de estabelecimentos

Comunicado Oficial da Comissão Organizadora da Festa da Penha

Ruínas do Sítio Histórico da Igreja de São José do Queimado: museu a céu aberto no Município de Serra

Divulgada programação da Festa de Nossa Senhora da Penha

Governo lança nota interministerial para orientar consumidor

Espírito Santo comemora Dia Nacional do Imigrante Italiano no Brasil

Reunião Extraordinária do Conselho Nacional de Turismo debate Coronavírus

Aeroportos de Vitória, Curitiba, Campinas e Brasília ganham prêmio de melhores do país

MTur discute novos critérios para atualização do Mapa do Turismo

Carnaval 2020: primeiro dia com muito samba e show de Sandra de Sá

Embratur e Fornatur alinham estratégia de promoção

MTur apoia festas de Carnaval em diversos estados brasileiros

Pavilhão de Carapina conta com eventos agendados até 2021

Organização Mundial de Turismo e Centro de Culinária Basca lançam 2º Concurso de Turismo de Gastronomia

Brasil e Emirados Árabes fortalecem relação para atração de turistas

Carnaval: 100 mil turistas devem desembarcar de cruzeiros no Rio de Janeiro

Entrada de turistas dos EUA, Canadá e Austrália no Brasil cresce 16% após isenção de visto

Carnaval deve movimentar R$ 8 bilhões no setor turístico

31ª Sommerfest começa em Domingos Martins e será solidária às vítimas das chuvas

Setur faz levantamento para recuperação de atrativos turísticos em cidades atingidas pelas chuvas

Em ação inédita, Embratur busca nos EUA investimentos para o turismo náutico no Brasil

Carnaval de Vitória 2020: veja a programação completa

Turistas e capixabas já podem compartilhar Ilustrações dos pontos turísticos do ES

Pesquisa no Réveillon mostra que 96,3% dos entrevistados recomendam o ES

MASP bate recorde de visitação em 2019

ES apresenta indicadores sobre a economia do turismo e do Réveillon capixaba

Sudeste é a principal escolha no verão para maioria dos turistas do Norte do país

Vivalá oferece Turismo aliado a participação voluntária em locais paradisíacos do Brasil

Nova empresa low cost anuncia voos internacionais para o Brasil

Com expectativa de mais turistas, aeroportos se prepararam para alta temporada

Turistas pela primeira vez no ES deslumbrados com belezas de Vitória e Vila Velha

Grupo Zurich inicia operação do Aeroporto de Vitória

Secretaria de Turismo faz pesquisa de demanda turística durante Ano Novo e Verão

Região Nordeste: Empresários da hotelaria estão otimistas com gastos de turistas no verão

Turismo de observação de baleias na costa capixaba faz sucesso em 2019

Museu em Santa Teresa apresenta vida e obra de Augusto Ruschi, Patrono da Ecologia

Brasil registra 27% de crescimento nas buscas globais por viagens para 2020

Aplicativo Angels facilita ato de doações para instituições de assistência social

Setor hoteleiro tem perspectiva de aumento na geração de emprego em 2020

Projeto para reformar Sítio Histórico da Prainha valoriza a natureza, memória, mobilidade…

Evento nacional promove o agroturismo capixaba

Enbrav 2019 Serra Gaúcha exibe atrativos diferenciados a agentes de viagem do Brasil

Cidade de Montevidéu trabalha para aumentar fluxo de Turistas brasileiros

Estado do Espírito Santo destaca-se entre as quase três mil marcas da Festuris 2019

Meeting FESTURIS 2019: Embratur aponta ecoturismo como o futuro do setor

Embratur negocia aumento de voos entre Catar e Brasil

Tarifário Turístico é tema de capacitação na região das Montanhas Capixabas

Restaurantes de Manguinhos lançam cardápio de verão nesta sexta-feira, 15 de novembro

Conheça o Espírito Santo

Receita de Mocotó

Dia da Moqueca capixaba é celebrado nesta quarta (30)

Bloco PelaDonas do Centro defende liberdade de expressão

O PelaDonas saiu da rua Sete de Setembro

Por Elaine Dal Gobbo

O nome deste post seria blocos pré-carnaval do Centro de Vitória. Pelo que soube há somente dois blocos desse tipo no Centro: Luta de Classe, que não vi na programação oficial; e PelaDonas do Centro, considerado o bloco que abriu o carnaval do centro da capital. Como não fui ao Luta de Classe, este post é sobre o PelaDonas do Centro, do qual participei pela primeira vez.

O bloco, que foi criado em 2018, surgiu como uma forma de se manifestar contra a censura às artes. É uma forma de protestar contra fatos que ocorreram e ainda ocorrem em nível nacional e estadual, como a censura a obras de arte, à exposições em museus, principalmente àquelas que retratam a nudez. Um dos objetivos do bloco é mostrar que o corpo humano não deve ser tratado com um tabu, que o corpo é arte e a arte deve ser livre.

O bloco conta não somente com a classe artística, como atores, bailarinos, estilistas, escritores. Quem não pertence a esse grupo, mas defende a liberdade de expressão por meio da arte está mais do que convidado para cair na folia.  O bloco saiu da rua Sete de Setembro, mais precisamente do Stael Magesck Centro Artístico e foi até a praça Costa Pereira.

A produtora cultural e estilista Stael é a grande organizadora do bloco. É ela que está à frente e faz o PelaDonas do Centro acontecer, contando, é claro, com o apoio de pessoas que vibram com o carnaval e que também defendem a liberdade de expressão por meio das artes.

Ao som da Banda Ammor, o bloco percorreu algumas ruas do Centro, como a 13 de Maio e a Gama Rosa, até chegar ao seu destino final. O repertório variado contemplava diversos tipos de música, que vão de axé, funk, soul, Xuxa, Balão Mágico, até o jingle da propaganda do supermercado Perim (achei divertidíssimo).

Banda Ammor

Minha primeira experiência no PelaDonas foi bem legal. Achei o bloco animadíssimo, com adesão dos moradores do Centro e de outros locais, que foram até lá para se divertir também. A medida que os foliões percorriam as ruas angariavam mais outros foliões, que se integravam ao bloco.

Carnaval Consciente

Semanas antes do bloco o PelaDonas fez uma campanha sobre carnaval consciente. Nas redes, foram divulgadas artes deixando claro que não é não (contra o assédio), que não se deve fazer xixi na rua, que deve-se respeitar os idosos e preservar o patrimônio histórico.

Achei importantíssimo. Deve-se garantir a realização do carnaval, mas deve-se levar em consideração, por exemplo, o bem estar de quem não quer cair na folia. De acordo com Stael, o Centro é o bairro de Vitória que tem mais idosos. Nada mais justo do que contemplá-los em uma campanha de conscientização.

Também destaco a questão da defesa do patrimônio, já que o bairro tem muitas igrejas e outras construções históricas. Prezar pela higiene das ruas também é importante. Certa vez, no último dia de carnaval, passei pela rua 13 de maio e estava fedendo a urina.

Também achei importantes as rodas de conversa realizadas em preparação ao bloco, trazendo, por exemplo, a história do carnaval do Centro.

Roda de Conversa

Fotos: Elaine Dal Gobbo

Ler anterior

Embratur e Fornatur alinham estratégia de promoção

Ler próximo

Carnaval 2020: primeiro dia com muito samba e show de Sandra de Sá

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais popular

Follow On Instagram